Canudos

Canudos
Ruínas da mais nova igreja de Belo Monte, a Igreja do Bom Jesus, 1897. Foto: Flávio de Barros/ Acervo Museu da República

Canudos não se rendeu. Exemplo único em toda a história, resistiu até ao esgotamento completo. Expugnado palmo a palmo, na precisão integral do termo, caiu no dia 5, ao entardecer, quando caíram os seus últimos defensores, que todos morreram. Eram quatro apenas: um velho, dois homens feitos e uma criança, na frente dos quais rugiam raivosamente cinco mil soldados.

— Euclides da Cunha, Os Sertões: campanha de Canudos, A Luta, Últimos Dias, VI. Euclides refere-se ao dia 5 de outubro de 1897.

almas inertes

 "Missa", de Dominique Blain
“Missa”, de Dominique Blain

Um plano de guerra riscado a compasso numa carta exige almas inertes — máquinas de matar — firmemente encarrilhadas nas linhas que preestabelece.

— Euclides da Cunha, Os Sertões: campanha de Canudos, A Luta, 5, III, O Pânico e a Bravura