lagoa de Igarapé da Cachoeirinha

postal de 1905 Igarapé da Cachoeirinha

Estas lagoas, de esplendores
Tão vivos à luz dos luares,
Emolduradas pelas flores
Dos lírios e dos nenufares —

Recordam-me (vêde a afoiteza
Da minha fantasia ao vê-las!)

Grandes espelhos de Veneza
Para a “toilette” das estrelas!

Manaus — 22-2-905

— Poema de Euclides da Cunha em postal de 22 de fevereiro de 1905, Igarapé da Cachoeirinha, Manaus, sem destinatário

Anúncios