Deus

Job Confessing his Presumption to God who Answers from the Whirlwind
Detalhe de Job Confessing his Presumption to God who Answers from the Whirlwind, de William Blake. 1803-5. Acervo da Scottish National Gallery

Então… eu não creio em Deus?! Quem te disse isto? Puseste-me na mesma roda dos singulares infelizes, que usam o ateísmo como usam de gravatas — por ‘chic’, e para se darem ares de sábios… Não. Rezo, sem palavras, no meu grande panteísmo, na perpétua adoração das coisas; e na minha miserabilíssima e falha ciência sei, positivamente, que ‘há alguma coisa que eu não sei…’

— Euclides da Cunha em carta a Coelho Neto, 22 de novembro de 1903

Anúncios