urbanização

Avenida Central na altura da Rua do Ouvidor
Avenida Central na altura da Rua do Ouvidor, com rua Miguel Couto, Rio de Janeiro, c. 1906. Foto: Marc Ferrez, Coleção Gilberto Ferrez, Acervo Instituto Moreira Salles

A vida entre nós, como já to disse noutra carta, mudou. Há um delírio de automóveis, de carros, de corsos, de banquetes, de recepções, de conferências, que me perturba — ou que me atrapalha, no meu ursismo incurável. Dá vontade da gente representar a ridícula comédia da virtude, de Catão, saindo por estas ruas de sapatos rotos, camisa em fiapos e cabelos despenteados. Que saudades da antiga simplicidade brasileira… (Mas isto é um desabafo réles, de sujeito que nunca resolveu o problema complicado de um laço de gravata!…). Adiante.

— Carta de Euclides da Cunha a Domício da Gama, Rio de Janeiro, 16 de novembro de 1907.

Anúncios