Quote

mulheres

Flávio de Barros, “Mulheres e crianças, prisioneiras da guerra”

“Mulheres e crianças, prisioneiras da guerra”, Canudos, Bahia, 1897. Foto: Flávio de Barros

Mulheres aprisionadas na ocasião em que os maridos caíam mortos na refrega e a prole espavorida desaparecia na fuga, aqui têm chegado — numa transição brusca do lar mais ou menos feliz para uma praça de guerra, perdendo tudo numa hora — e não lhes diviso no olhar o mais leve espanto e em algumas mesmo o rosto bronzeado de linhas firmes e iluminado por um olhar de altivez estranha e quase ameaçadora.

— Euclides da Cunha, Canudos: diário de uma expedição, XXVI, 26 de setembro de 1897

Quote

Deus

Job Confessing his Presumption to God who Answers from the Whirlwind

Detalhe de Job Confessing his Presumption to God who Answers from the Whirlwind, de William Blake. 1803-5. Acervo da Scottish National Gallery

Então… eu não creio em Deus?! Quem te disse isto? Puseste-me na mesma roda dos singulares infelizes, que usam o ateísmo como usam de gravatas — por ‘chic’, e para se darem ares de sábios… Não. Rezo, sem palavras, no meu grande panteísmo, na perpétua adoração das coisas; e na minha miserabilíssima e falha ciência sei, positivamente, que ‘há alguma coisa que eu não sei…’

— Euclides da Cunha em carta a Coelho Neto, 22 de novembro de 1903