Citação

poeira dos arquivos

poeira dos arquivos

A poeira dos arquivos de que muita gente fala sem nunca a ter visto ou sentido, surgindo tenuíssima de páginas que se esfarelam ainda quando delicadamente folheadas, esta poeira clássica — adjetivemos com firmeza — que cai sobre tenazes investigadores ao investirem contra as longas veredas do passado, levanto-a diariamente. E não tem sido improfícuo o esforço.

— Euclides da Cunha, Canudos: diário de uma expedição, 21 de agosto de 1897

Citação

política

política

Quanto à política… não falemos mais nisto; afastei-me inteiramente de tal assunto ― compreendi afinal que nesta terra a política é a ocupação cômoda dos desocupados e só tenho um arrependimento sincero e profundo na vida: o ter-me, embora fracamente, preocupado algum tempo com tal coisa.

— Euclides da Cunha em carta a Reinaldo Porchat, Rio de Janeiro, 23 de maio de 1893

Citação

soldado

Homenagem aos combatentes da Revolução de 1932

Detalhe de estátua de Soldado Constitucionalista que parte para a luta se despedindo de sua mãe, esposa e filho. Homenagem aos combatentes da Revolução de 1932, Lélio Coluccini, Praça José Bonifácio, Piracicaba, São Paulo. Fonte: Voluntários de Piracicaba

O general Fay dizia que a disciplina militar só é absoluta quando o soldado dá as costas para os seus concidadãos e a frente para o inimigo. Vós, meu venerando e heroico companheiro — fitais frente a frente os vossos concidadãos.
Se não pedistes tal transferência — não a aceiteis. Há uma coisa que para a nossa família e para a nossa Pátria vale mais que a vossa espada de general, é o vosso caráter de homem.

Euclides da Cunha em carta ao general Solon (sogro de Euclides), Campanha, 6 de junho de 1894

Citação

República

detalhe da estátua da República

Detalhe da estátua de Marianne por Léopold Morice, place de la République, Paris, 1880-3

Há nos sentimentos que ambos tributamos à República uma diferença enorme: s. ex. tem por ela um amor tempestuoso e cheio de delírios de amante, eu tenho por ela os cuidados e a afeição serena de um filho.

Euclides da Cunha em carta ao redator do jornal O Tempo, Rio de Janeiro, 20 de janeiro de 1894

Citação

lagoa de Igarapé da Cachoeirinha

postal de 1905 Igarapé da Cachoeirinha

Estas lagoas, de esplendores
Tão vivos à luz dos luares,
Emolduradas pelas flores
Dos lírios e dos nenufares —

Recordam-me (vêde a afoiteza
Da minha fantasia ao vê-las!)

Grandes espelhos de Veneza
Para a “toilette” das estrelas!

Manaus — 22-2-905

— Poema de Euclides da Cunha em postal de 22 de fevereiro de 1905, Igarapé da Cachoeirinha, Manaus, sem destinatário